Declaração CE

  

 Normas de segurança para Portas e Automatismos

Com o objectivo de enfrentar alguns perigos, consequência da utilização de tecnologia algo desactualizada, em 2005 entrou em vigor a Norma Europeia 13241-1, cujo principal objectivo consiste no aumento da protecção contra ferimentos causados através de entalamento, esmagamento ou corte.


Esta norma regula três características principais: mecânicas, de meios de abertura e de funcionalidade. Estipula-se principalmente, que as portas de garagem devam oferecer protecção contra entalamento de dedos, protecção de engrenagem nos caixilhos laterais, segurança antiqueda e com mecanismo de paragem automática (quando uma porta motorizada encontra um obstáculo).


Vejamos:


NORMA EN 13 241 1ª Parte

Especificação geral para portas industriais, comerciais e residenciais:
Contém todas as considerações de segurança e de saúde referentes ao design e à fabricação do produto.
Descreve as características essenciais das portas para permitir a aplicação da marca CE.
A Norma EN13241 está detalhada nas normas que apoiam a EN12604 e a EN12453. Todas as portas e os automatismos devem estar conformes com estas normas.


NORMA EN 12604

Portas – Aspectos mecânicos» Design seguro

1. Movimento controlado da porta

  • A porta deve estar equilibrada
  • Fixações rígidas e fiáveis
  • Quedas e desvios impossíveis
  • >A porta não deve cair em caso de ruptura de um elemento de equilíbrio.

2. Prever esmagamentos (obstruções, embates em partes do corpo…) durante o movimento normal da porta. Possíveis perigos devem ser comunicados de forma clara e visível.

>3. As forças para a manobra manual devem ter um valor inferior a 150N (± 15,3 Kg) para permitir a abertura e o fecho manual sem ter de exercer demasiada força (força superior permitida apenas na fase de arranque e de paragem, sendo esta também a força maior de qualquer embate).


4. Fornecimento de um manual de instruções – imprescindível para o fabricante da porta, que deve estar acessível a todos os intervenientes na cadeia de fornecimento, e conter informações claras e compreensíveis sobre instalação, funcionamento e manutenção.


NORMA EN 12453


Portas Automatizadas e Automatismos – Requisitos de Segurança durante o funcionamento»

Protecção contra riscos

1. Fonte eléctrica segura
2. Forças do automatismo

 

  • Devem estar a um nível seguro para os utilizadores
  • >O utilizador não deve poder ajustar a força involuntariamente Se não está em modo “homem presente”:

a) Prever um sistema de segurança para evitar que a porta esteja em contacto com um obstáculo (fotocélula, etc.);

b) Quando a porta pode vir a estar em contacto com um obstáculo, manter o valor das forças a um nível inferior àquele que está definido na Norma EN 50335-2-95 (= define forças para portas motorizadas residenciais não automáticas);

c) Elevação de pessoas: a porta automatizada não deve poder abrir com um peso adicional superior a 20 Kg (para não poder levantar pessoas).

3. Controlos manuais

Comando à distância
Botão de pressão ou semelhante Design:

  • Não deve poder funcionar em situações perigosas (o utilizador deve sempre tervisibilidade sobre a porta)
  • Devem de estar instalados controlos fixos em sítio visível junto da porta e colocados a uma altura máxima de 1,5m
  • Na fase de abertura e de fecho da porta, o utilizador deve sempre poder iniciar o movimento com um controlo manual.


4. Desbloqueio Manual


A porta deve ser equipada de um desbloqueio manual.